sábado, 15 de outubro de 2011

Despedida, por tempo indeterminado!



Esta foi uma decisão muito, muito difícil mesmo. Acreditem. Mas eu decidi parar o blog O Mundo de Tinta. O que não quer dizer que vou abandonar a blogosfera. Não mesmo! Somente que não postarei mais por aqui. Quem já leu meu perfil sabe que sou uma blogueira por paixão e não poderia abandonar este mundo blogueiro por nada.
Acontece que estou me preparando para grandes mudanças na minha vida e isto tem me consumido tempo e dedicação e o blog tem ficado de lado, além disso eu cansei de fazer tudo sozinha.
No início do ano fui convidada pela Dominique a ser colaboradora do blog dela - Livros, Filmes & Músicas - e aceitei. Porém me dedicar a dois blogs tem sido uma tarefa difícil e estava me sentindo mal por postar tão pouco no LF&M. Não dava mais para continuar com os dois. Optei por continuar no LF&M e abandonar por tempo indeterminado o Mundo de Tinta,  simplesmente por que lá não terei de fazer tudo sozinha. Além disso, a Nique também tem precisado de ajuda para manter o blog atualizado, e adorou a ideia em ter minha presença por lá por mais vezes - o que me deixou muito feliz! Tenho grande estima pela Dominique e seu blog que acompanho desde o início. É uma honra para mim estar blogando no LF&M!

Este blog não será excluído, talvez eu volte a postar por aqui novamente... algum dia.

E, agradeço muito aos seguidores, as pessoas que gostam e acompanham o blog. Eu não os abandonei, ok? Só mudei de endereço! Espero continuar os encontrando por lá.
No LF&M continuarei tudo que comecei por aqui, postarei resenhas, Na minha estante, Mini Biografias, Poemas, além de falar sobre filmes e músicas que é o que já costumava fazer por lá!

Quem não conhece o Livros, Filmes & Músicas, acesse:

sábado, 8 de outubro de 2011

Resultado da promoção: "White Cat" de Holly Black

Ops! O resultado deveria sair ontem, mas eu estava muitooo cansada. Peço desculpa pelo atraso.

Sem enrolação, vamos logo ao resultado:

E, o ganhador(a) é....


Parabéns, Carolina!!
Enviarei um e-mail que você deverá responder com seus dados completos para envio do prêmio.
Agradeço a todos que participaram!

Abraços.


segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Na minha estante! #36

O Rock in Rio acabou (sim, eu estava lá!!!)... Mas a greve dos correios ainda não! =0/ Ainda tenho muita coisa para receber, minhas correspondências estão todas atrasadas. Para vocês terem uma ideia, tem livro que comprei em 12 de agosto e ainda não recebi! Enfim, vamos ver os livros que chegaram nas últimas quase três semanas que fiquei sem postar o "Na minha estante":

Os livros que comprei!


"A fera" de Alex Flinn, eu comprei e já li o livro! É bonitinho. Espero ter tempo para preparar a resenha em breve. rs.


"Brightly Woven" de Alexandra Bracken que estou doida para ler! Vi muitas resenhas positivas sobre este livro, estou super curiosa! E, recebi "Outside In" de Maria V. Snyder (mesma autora de "Estudos sobre veneno") que é a continuação de "Inside Out". Recebi o segundo livro, mas o primeiro ainda não chegou! hahaha. Os dois livros são em paperback.


"A long, long sleep" de Anna Sheehan é versão de A bela adormecida e estou super curiosa para ler. Vi resenhas positivas por aí.
"Wings" de Aprilynne Pike foi lançado a pouco tempo aqui no Brasil como "Asas". Esta edição que comprei tem uma capa super brilhosa, e eu adorooo! =0) Apesar das críticas, quero muito ler este livro, mas sem não criar muitas expectativas.
Perceberam a diferença no tamanho dos dois livros? Pois é, apesar de os dois serem em paperback, o livro "A long, long sleep" veio em um tamanho maior do que normal para um paperback. Fiquei supresa!


Decidi comprar "Steel" de Carrie Vaughn depois que vi no blog da Nii que se trata de um livro sobre viagem no tempo e piratas! E, achei a capa linda! Este é o único dos livros que chegaram que comprei em hardcover!

Livros de trocas!

Recebi através do sistema de trocas do Skoob Plus os livros: "O professor" de Charlotte Brontë e "Amante Revelado" de J. R. Ward.


Livros que eu ganhei!


A autora Iracy Araujo enviou de presente para o blog duas cópias de seu livro "As crônicas da Terra do Lago: o primeiro-ministro". Uma cópia é minha e a outra é para sortear para vocês! Muito obrigada, Iracy!

Também ganhei muitooos livros que minha mãe trouxe para mim! São livros que estavam sendo doados, que apesar de meio velhinhos estão em bom estado. Como são livros em inglês, ninguém queria, então ela os trouxe para mim! Tem vários da Anne Rice! rsrs. Adorei!!

Abraços!

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Resultado da promoção: Miss Brontë de Juliet Gael

Olá! Antes de divulgar o nome do(a) ganhador(a) da promoção "Miss Brontë", quero me desculpar pelo sumiço... É que eu estou totalmente no clima Rock in Rio! Fui fim de semana passado e vou no próximo de novo, quem quiser acompanhar mais sobre o evento, acesse: http://www.livrosfilmesemusicas.com.br/ . Eu voltarei ao normal quando toda esta ansiedade pelo evento passar...rs.

Mas vamos ao que interessa, certo?

E, o(a) ganhador(a) é...


Parabéns, Daiane!!!
Enviarei um e-mail que você deverá responder com seus dados completos para envio do prêmio. Este e-mail será repassado para a editora que lhe enviará o livro!

Agradeço a todos que participaram!

Abraços.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Um poema: "Apresentação" de Cecília Meireles



 
"Aqui está a minha vida - esta areia tão clara
com desenhos de andar dedicados ao vento.

Aqui está minha voz - esta concha vazia,
sombra de som curtindo o seu próprio lamento.

Aqui está a minha dor - este coral quebrado,
sobrevivendo ao seu patético momento.

Aqui está minha herança - este mar solitário,
que de um lado era amor e, do outro, esquecimento."

(Os melhores poemas de Cecília Meireles / seleção de Maria Fernanda - 14ª ed. São Paulo: Global, 2002)

sábado, 17 de setembro de 2011

"White Cat" de Holly Black


"You know what they used to say about boys like you? Clever as the devil and twice as pretty". (p. 122)
"Você sabe o que costumam dizer sobre  garotos como você? Inteligente como o diabo e duas vezes mais bonito"

No mundo criado por Holly Black, uma em cada mil pessoas nascem amaldiçoadas. Elas possuem poderes de transformar a sorte, a memória, as emoções de uma pessoa com um leve toque das mãos. Como utilizar estes poderes é algo proibido por lei, todos - mesmo aqueles que não possuem - são obrigados a sempre usarem luvas.
Cassel não faz parte destes "amaldiçoados", mas ele é o único da família Sharpe. Sua mãe, avô e seus dois irmãos mais velhos, cada um deles são "curse workers", ou seja, utilizam desta maldição como uma forma de ganhar dinheiro e isto os tornam criminosos.  Não à toa que a mãe de Cassel esta presa há anos. O envolvimento da família Sharpe com mafiosos é maior do que se imagina.

Apesar disto, Cassel mesmo não sendo um "curse worker", utiliza outras técnicas para conseguir o que quer: a trapaça. A mentira. Sua capacidade de enganar as pessoas. E, mesmo tentando viver de forma mais normal e discreta possível, ele não consegue se livrar do passado. A lembrança de um terrível acontecimento o atormenta: o dia que matou sua melhor amiga, Lila. Isto prova que mesmo que não possua a mesma maldição que seus familiares, Cassel é tão criminoso quanto todos eles. Ele não pode fugir desta terrível realidade, mesmo que as lembranças daquele dia fatídico lhe pareça tão embaçada e fragmentada.

Contudo, Cassel vê todo o seu esforço de ser normal desmoronar quando lhe surge problemas de sonambulismo e, em uma noite, após sonhar com um gato branco, acorda no telhado do colégio só de cueca! Após este incidente, Cassel falha em convencer ao diretor e professores que não estava tentando se matar e é, então, mandado de volta para casa.
Além de tentar descobrir o porquê deste ataques repentinos de sonambulismo, e sempre quando sonha com o tal gato branco, agora em casa Cassel estará mais próximo de descobrir os segredos de sua família e assim como estará mais próximo de se envolver nos cruéis jogos da máfia.

"White Cat" é uma leitura cheia de mistério e com um desfecho surpreendente. O protagonista, Cassel é um personagem muito carismático. É incrível as confusões em que ele se mete, e mesmo que alguns de seus planos sejam bons, sempre algo de errado acontece. Ou ele fala mais do que deveria, ou se esquece de planejar algum detalhe, ou algo fora dos planos surge e Cassel se encontra cada vez mais enrolado em tanta confusão. Cassel está envolvido em grande jogo e são tantos segredos a desvendar... Claro que se envolver com a máfia é algo muito perigoso e tudo Cassel tem para lutar é sua capacidade de mentir e trapacear.
Descrevendo Cassel assim, como trapaceiro e mentiroso, pode parecer que ele é um bad boy, mas não é. Eu diria que Cassel é um anti-herói. Pois apesar de tudo, ele tem um bom coração e tenta consertar as coisas à sua maneira.
O desenrolar da história, o desvendar destes segredos, acontece de forma gradativa e como Cassel é o narrador, junto com ele tentei montar as peças deste quebra-cabeça e assim fiquei cada vez mais envolvida na narrativa.

O único defeito do livro, na minha opinião, é a falta de um bom romance. Isto, para mim, é algo que não pode faltar em uma história. E é apenas por este motivo que o livro não entrou para minha lista de favoritos. Não que não tenha romance, mas foi bem fraquinho. Acredito que isto possa mudar no segundo livro da série "Curse Workers", chamado "Red Glove" do qual estou louca para ler!

A Bell do blog NUPE escreveu uma resenha que me convenceu a ler este livro, se quiser conferir CLIQUE AQUI.

Literatura Estrangeira
Série The Curse Workers #1
Editora: McElderry Books
Publicado em: 2010
Formato: Hardcover
Número de páginas: 310
Categoria: Ficção
Idioma: Inglês
Nota: 5/5


PARTICIPE DA PROMOÇÃO E CONCORRA A UM EXEMPLAR DO LIVRO!

domingo, 11 de setembro de 2011

Na minha estante! #35

Meu pc tá funcionando de novo! Eu fucei nos cabos e deu certo! Só espero que fique bonzinho assim por um bom tempo! rsrs.


É, eu sei. A série "Outlander" custa uma fortuna. É uma verdadeira maldade da Editora Rocco colocar um preço tão absurdo. Mas sempre têm os loucos que compram mesmo assim. Como eu, por exemplo. O fato é que eu AMO o livro "A viajante do tempo" de Diana Gabaldon - que é o primeiro livro desta série -, e desde então tenho aos poucos comprado toda a série.  Portanto, tomei coragem e comprei os livros que faltavam: "Um sopro de Neve e Cinzas" Parte 1 e Parte 2 de Diana Gabaldon.


Iniciei esta semana a leitura do primeiro livro da série "As crônicas de Gelo e Fogo" - "Guerra dos Tronos" - e mesmo que eu já conheça a história deste primeiro livro por conta da série da HBO que acompanhei, estou adorando a leitura. Este livro que chegou para mim é o terceiro da série e se chama "A tormenta de espadas" de George R. R. Martin. Acredito que em breve estarei iniciando a leitura deste livro.


Ah, chegou também o livro da promoção "White Cat" de Holly Black, mas esqueci lá na casa do meu pai, então a foto fica para o próxima NME!

Resultado TOP Comentarista de Agosto!

Como o mês de Agosto só teve três participantes para o TOP Comentarista, não farei sorteio e as três participantes ganharão um livro! Mas é exatamente por esta pouquíssima participação que estou cancelando o TOP Comentarista, ao menos por enquanto.

As ganhadoras são:

Eduarda Menezes
Renata G. de Souza
e
C8ris


Enviarei um e-mail para as três com a lista de livros disponíveis. Cada uma poderá escolher um título e, se o mesmo título for escolhido, terá prioridade quem teve maior participação na promoção.
Lembrando que o livro será enviado em até 30 dias após a escolha do ganhador.

Agradeço a muitíssimo a participação!

sábado, 10 de setembro de 2011

Promoção de Aniversário: "White Cat" de Holly Black

Para comemorar o aniversário de 2 anos do blog "Mundo Tinta", e como agradecimento a todos que participam, seguem o blog, deixam comentários ou simplesmente passam por aqui de vez em quando, estou sorteando o livro "White Cat" em hardcover! Participem!


Sinopse: Cassel vem de uma família de "curse workers" - pessoas que têm o poder de mudar as emoções, a memória, a sua sorte, com o mais leve toque de suas mãos. E uma vez que o "curse work" é ilegal, eles são mafiosos ou vigaristas. Exceto Cassel. Ele não tem o 'toque mágico', então ele é um estranho, o garoto 'direito' em uma família de trapaceiros. Isso se você ignorar o pequeno detalhe de que ele matou sua melhor amiga, Lila, há três anos.

Desde então, Cassel cuidadosamente construíu uma fachada de normalidade, misturando-se na multidão. Mas sua fachada entra em ruínas quando ele começa a ter problemas de sonambulismo, sendo impulsionado pela noite a dentro por sonhos terríveis sobre um gato branco que quer lhe dizer algo. Ele está percebendo outras coisas perturbadoras também, incluindo o comportamento estranho de seus dois irmãos. Eles estão mantendo segredos dele, e Cassel está preso em uma trama misteriosa. Logo começa a suspeitar que ele é parte de um jogo enorme, e que precisa descobrir o que realmente aconteceu com Lila. Ela poderia ainda estar viva?


Holly Black criou uma emocionante história de mafiosos e magia negra, onde um simples toque pode trazer o amor - ou morte - e seus sonhos podem ser mais reais do que as suas memórias.

Saiba mais no SKOOB!
Leia a resenha da Bell do blog NUPE! Foi depois de ler esta resenha que fiquei convencida que iria adorar este livro! E, não me arrependi!
RESENHA EM BREVE!

Como participar:

1. Deixe um comentário neste post.

2. Ter endereço para entrega no Brasil.

3. Ser seguidor do blog.

4. Preencher o FORMULÁRIO.


Participações extras:


Tweet a seguinte frase: "Quero ganhar o livro "White Cat" de Holly Black que o @omundodetinta  está sorteando! http://br4.in/zq7kU "

Poderá divulgar UMA vez ao dia e não se esqueça de preencher o formulário a cada tweet.

Para que sua participação extra seja válida, siga o twitter do blog: @omundodetinta .

Se quiser divulgar nas demais redes sociais (orkut, facebook, skoob) ou no seu blog, é só preencher novamente o FORMULÁRIO a cada divulgação feita.

*Promoção válida até 07 de outubro.


Divulgação do resultado no dia 09 de outubro de 2011.


Observação: livro em inglês!


Boa sorte!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Aviso!

Oi, pessoal!
Quero informá-los que meu computador não está funcionando... =0/
Portanto, até que o problema seja solucionado, estarei atualizando o blog com menor frequência, mas farei o possível para não deixá-lo  totalmente abandonado. Assim como, farei o possível para manter atualizada as visitas em outros blogs.

Beijos.

sábado, 3 de setembro de 2011

Na minha estante! #34

Oba, livros novos! Mas onde guardá-los? Eis a questão! Não tem mais espaço por aqui..rsrs.


Faz um tempo que comprei o livro "O herdeiro guerreiro" e agora para completar a trilogia "The Heir Chronicles", comprei "O herdeiro mago" e "O herdeiro dragão" de Cinda Williams Chima. Esta autora é super elogiada, quero muito confirir suas obras e espero que lancem por aqui também a série "Seven Realms" - quase comprei em inglês, mas estava muito caro!


"Crash into me" de Albert Borris apesar de sua história parecer uma road trip meio mórbida (sobre quatro pessoas que querem se matar) tenho esperança de o livro tenha um final feliz e achei a história diferente. Estou doida por histórias diferentes!
"The Iron Witch" de Karen Mahoney, apesar de ser mais um sobrenatural e de eu ter lido resenhas não muito positivas por aí, acho a capa linda e a curiosidade sempre fala mais alto (na verdade, ela berra!). rs.


"Amante Desperto" de J. R. Ward e "Os melhores poemas de Cecília Meireles" seleção de Maria Fernanda recebi por troca no Skoob Plus! Chegaram super novinhos, o "Amante Desperto" ainda está no plástico! Eu amei!!


Estes dois livros, "A história sem fim" de Michael Ende e "O jardim secreto de Eliza" de Kate Morton, estão na minha lista de desejados há muito, muito, muito tempo! Só não comprei antes, pois custam muito caro, mas finalmente tomei coragem. Fiquei impressionada com o livro "A história sem fim", pois além de ser em capa dura, as letras não são pretas! Têm trechos que as letras são vermelhas e em outros elas são verdes! É primeira vez que vejo um livro inteiro com letras em outras cores, sem ser preta! Será que vai deixar a leitura cansativa? Espero que não! Tem também ilustrações.


Por fim, chegou "White Cat" de Holly Black. Já iniciei a leitura deste livro e logo nas primeiras páginas morri de rir! Estou gostando bastante! E, a boa notícia é que comprei um exemplar a mais (que deve estar para chegar a qualquer momento) para presentear os seguidores do blog! Sim, terá promoção do livro "White Cat" em hardcover aqui no Mundo de Tinta, em comemoração de dois anos do blog no dia 10 de setembro! =0)


P.S.: Até domingo faço o post dos ganhadores do TOP Comentaristas de Agosto. Infelizmente, a partir deste mês de Setembro não haverá mais sorteio para Comentaristas devido a pouca participação.

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

"Miss Brontë" de Juliet Gael

"Parecia que o próprio sonho se realizara como sempre se realizam, a seu tempo e de maneira inesperada". (p. 359)


"Miss Brontë" se trata de uma ficção biográfica sobre uma renomada escritora da literatura inglesa: Charlotte Brontë.
Filha de um pastor - Patrick Brontë - quase cego e depressivo e tendo como único varão da família o irmão Branwell que, além de desempregado, entregou-se a bebida após se apaixonar perdidamente por uma mulher casada cujo marido era quem lhe pagava o salário como tutor. E, apesar do intelecto aguçado, seu ego era enorme e Charlotte acreditava que a culpa disto estava no tratamento indulgente na criação do irmão. Sabendo que não poderia contar com ele, ela buscava por alternativas para acrescentar o sustento da família. Mas sua tentativa em transformar sua casa em uma pequena escola, como internato, fracassara e a probabilidade de ela e as irmãs, Emily e Anne, terem de se separar para voltar ao trabalho como preceptoras novamente, não agradava a nenhuma delas. Queriam estar juntas. Mesmo que a vida em Haworth - um vilarejo na Inglaterra - fosse tão enfadonha. As reclusas irmãs Brontë não se importavam, pois se costumaram a recorrer à imaginação para que vida fosse menos fastidiosa, desde a infância criavam histórias de mundos imaginários cheios de emoção e aventura.

"Charlotte tinha pouco controle sobre o que emergia. Acreditava na supremacia da livre imaginação. (...); as ideias despontavam naturalmente". (p. 80)

Charlotte surge então com a ideia de que Emily deveria publicar as poesias que costuma escrever, mas com a recusa obstinada da irmã, muda de tática para convencê-la: propõem que as três publiquem juntas seus poemas. Emily aceita a proposta, porém com uma condição: deveriam publicar sob um pseudônimo e manter completo sigilo sobre a publicação. Nem mesmo seu pai e irmão, ou qualquer amigo por mais íntimo que fosse, poderia saber. Charlotte aceita a condição e é ela quem procura por um editor e, ao encontrar, elas tomam a decisão de utilizar uma parte do dinheiro que lhes fora deixado de herança pela tia para bancar a publicação. Os nomes escolhidos por elas como pseudônimo seriam masculinos: Curter (Charlotte), Acton (Anne) e Ellis (Emily) Bell (Brontë).

Apesar do fracasso nas vendas do livro - apenas dois exemplares foram vendidos -, as irmãs estavam contaminadas com a excitação de escrever e publicar e estavam decididas a escrever um romance desta vez. Foi quando Emily escreveu "O morro dos ventos uivantes", Anne escreveu "Agnes Gray" e Charlotte, "O professor". O romance de Emily e Anne foram publicados, mas nenhuma editora aceitara a produção de Charlotte. Ela mesma não estava muito satisfeita com o romance que parecia não exprimir paixão à altura do que fora sua inspiração: um professor de quando estudara em Bruxelas por quem se apaixonou. Mas uma nova ideia para uma trama surgia em sua mente e quando partiu para Manchester para acompanhar o pai em sua cirurgia para a catarata e por lá teve que permanecer durante um mês - pois era o tempo determinado pela médico para a recuparação de seu pai -, é que, então, deu vida a sua maior obra "Jane Eyre". Esta obra lhe trouxe grande sucesso, mas por um bom tempo teve de permanecer escondida sob seu pseudônimo pela promessa feita à irmã.

Poucos foram os homens que alcançaram o coração de Charlotte, como o tal professor de Bruxelas e o seu editor George Smith, mas somente um a amou intensamente. Por muito tempo Charlotte lutou contra os sentimentos de Arthur Nicholls, um pároco-assistente que trabalhava para seu pai. Um homem pobre e turrão, de um intelecto que não alcançava ao de sua amada, mas de bom coração. Charlotte, finalmente, se permitiria ser amada?

Amor, fracasso e sucesso, perdas, laços e conflitos familiares. Todos os elementos que compõem a vida de Charlotte Brontë estão presentes neste livro. A autora de "Miss Brontë" se ateve ao máximo na história biográfica para compor esta obra que nos permite permear na intimadade da família Brontë.
Para mim, que tenho um enorme apreço pelas clássicas obras das irmãs Brontë, foi simplesmente delicioso me sentir tão próxima das autoras. Quase que o livro todo me pareceu verossímil, em muitos momentos mesmo aquelas partes em que são claramente imaginadas pela autora me pareciam próximas de serem verdadeiras. Com exceção das últimas cem páginas em que, na minha opinião, foram tão romanceadas que aparentaram claramente falsas, e ocorreram algumas mudanças que me pareceram bruscas no comportamento de alguns personagens. Também não posso deixar de comentar que o excesso de informação - que eram, para mim, muitas vezes interessantes - em alguns momentos deixa a leitura um pouco cansativa. Percebe-se que a autora tentou incluir o máximo de informações possíveis na história, mas ainda assim boa parte da vida da autora não é mencionada no livro que inicia sua trama com Charlotte já adulta.
Ainda assim, admito que me emocionei ao me perder nas páginas de "Miss Brontë", e que Charlotte me surpreendeu por ter sido uma pessoa tão forte e ter enfrentado tanta tristeza e dificuldade.
Adorei reconhecer as autoras e suas histórias no romances que escreveram, e lamento ainda não ter lido outras obras de Charlotte, além de "Jane Eyre" que eu amo tanto. Espero que "Villette" e "Shirley" sejam publicadas aqui no Brasil. Mas enquanto isto, vou à caça por estas obras em sebos ou por edições estrangeiras.
Enfim, eu gostei bastante e recomendo!

Literatura Estrangeira
Editora: Laurosse
Publicado em: 2011
Formato: Brochura
Número de páginas: 400
Categoria: Ficção Biográfica
Idioma: Português
Nota: 4/5
PARTICIPE DA PROMOÇÃO E CONCORRA A UM EXEMPLAR DO LIVRO!

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Promoção: "Miss Brontë" de Juliet Gael


Sinopse: Charlotte Brontë passou a infância em pequena vila em Yorkshire, Inglaterra, criando com os irmãos histórias de um mundo imaginário. Anos mais tarde, usou a mesma inspiração para escrever célebres obras, entre elas a primorosa Jane Eyre. Mas, apesar do crescente sucesso e da aclamação da crítica, Charlotte almejava algo mais. Integrar-se à glamourosa Londres e conhecer celebridades do mundo literário não era suficiente para preencher o vazio que corroia sua alma. Miss Brontë: Um Romance é uma história envolvente e reveladora, que mostra o outro lado da família Brontë.

Confira a resenha, clicando AQUI.
Editora

Como participar:

1. Deixe um comentário neste post.
2. Ter endereço fixo no Brasil.
3. Ser seguidor do blog (não precisa ter blog, apenas um email ou twitter!).
4. Preencher o FORMULÁRIO.

Participações extras:

Tweet a seguinte frase: "Quero conhecer a "Miss Brontë" que o @omundodetinta + @larousse_br estão sorteando! http://migre.me/5AEs9 "

Poderá divulgar apenas UMA vez ao dia e não se esqueça de preencher o formulário a cada tweet.

Para que sua participação extra seja válida, siga o twitter do livro (@larousse_br) e @omundodetinta .

*Promoção válida até 25 de Setembro.
Divulgação do resultado no dia 28 de Setembro de 2011.

Boa sorte!


sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Na minha estante! #33

Semana passada eu não recebi nada, mas esta semana chegou bastante coisa! =0)
Desculpem meu sumiço por aqui...


Fiquei sabendo do lançamento do livro "Miss Brontë" Juliet Gael e como sou uma grande fã das irmãs Brontë, estava louca por este livro. Felizmente, a editora Larousse aceitou ser parceira do blog. Recebi esta semana a edição que me enviaram e já iniciei a leitura. Em breve postarei a resenha e terá sorteio de um exemplar para vocês! Fiquem ligados!
O livro "Poison Study" de Maria V. Snyder pode ser encontrado em português como "Estudos sobre veneno". Eu comprei o inglês por uma questão de economia: com o dólar baixo, frete grátis e o preço da edição em paperback bem acessível, sai mais barato comprar a edição em inglês do que em português.


Eu comprei "The sky is everywhere" de Jandy Nelson em inglês ao invés da edição em português "O céu está em todo lugar" pelo mesmo motivo que citei acima. Claro que a edição da Novo Conceito está lindíssima, mas esta edição paperback até que está bem bacana. A capa tem um certo brilho sutil e a textura é diferente. As páginas são decoradas.
"Starcrossed" de Josephine Angeline tem uma capa maravilhosa - sei que não parece pela imagem desta foto, mas ficou estranho desta forma justamente pelo fato da capa ser muitíssimo brilhante! Linda, linda! Estou doidinha para ler este livro depois de tantas resenhas positivas que tenho visto por aí!


E, para finalizar, chegaram os últimos livros daquela fase "surtando por Jane Austen"!
"Epic Fail" de Claire LaZelnik é uma versão de "Orgulho e Preconceito". Acho a capa tãooo fofa! Espero que a história seja bacana também.
Também chegou "Jane Austen stole my boyfriend" de Cora Harrison - a mesma autora de "Eu fui a melhor amiga de Jane Austen.

domingo, 21 de agosto de 2011

Um poema: "Memória" de Carlos Drummond de Andrade

"Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão.

Mas as coisas findas,
muito mais que lindas,
essas ficarão."

(Antologia Poética (organizada pelo autor) / Carlos Drummond de Andrade; 65 ed. - Rio de Janeiro: Record, 2010)

terça-feira, 16 de agosto de 2011

"Die for me" de Amy Plum

"Would you risk your life for love?"


"(...) "I'm a gentleman through and through," he responded in a quiet voice. "I would throw my coat over puddle for you any day."
"I'm no damsel in distress" I retorted as the train pulled to a stop.
"Whew - well, that's a good thing" he said, breathing a fake sigh of relief." (p. 43)
"(...) "Eu sou um cavalheiro por completo", ele respondeu em voz baixa. "Eu jogaria meu casaco sobre a poça para você todo o dia."
"Eu não sou donzela em perigo", retorqui com o trem a parar.
"Ufa - bem, isso é uma coisa boa", disse ele, dando um falso suspiro de alívio ".

Antes de tudo, agradeço a Yasmin do blog "Guria que lê" pela oportunidade que me ofereceu para participar do book tour deste livro!

Sinopse: Minha vida sempre foi alegre e maravilhosamente normal. Mas em apenas um momento tudo mudou.
De repente, minha irmã, Georgia, e eu estávamos órfãos. Nós empacotamos nossas vidas e nos mudamos para Paris para morar com nossos avós. E eu sabia que com meu coração despedaçado, minha vida despedaçada, nunca iria me sentir normal novamente. Então eu conheci Vincent.
Misterioso, sexy e irritantemente encantador, Vincent Delacroix apareceu do nada e me arrebatou. Eu corria o perigo de perder o meu coração de novo. Mas estava pronta para deixar isso acontecer.
Claro, nada é assim tão fácil. Porque Vincent é nenhum ser humano normal. Ele tem um destino terrível, um que coloca sua vida em risco todos os dias. Ele também tem inimigos. . . imortais, inimigos assassinos que estão determinados a destruí-lo e todos os da sua espécie.
Enquanto eu estou lutando para juntar os restos de minha vida, posso colocar meu coração em risco, assim como minha vida e a da minha família, por uma chance no amor?

Kate perdeu os pais recentemente em um acidente de carro e ela e sua irmã Georgia mudaram-se para Paris, onde moram com os avós.
Georgia e Kate  lidam com a dor de tão grande perda de forma bem diferente, já que possuem personalidades tão distintas. O que não impede de serem bem próximas uma da outra. Georgia é extrovertida, cheia de amigos e baladeira, enquanto Kate gosta muito de ler e frequentar museus e deste que chegou a Paris mal saiu de casa e fez amigos. Apenas depois de muita insistência de seus avós e sua irmã, acompanhada de um bom livro, Kate resolve sair um pouco mais de casa, e começa a passar seus dias em um café da redondeza completamente imersa em suas leituras.
Em um desses dias, repara que há um grupo de garotos sentados por lá, e um deles não para de encará-la. E ele é lindo. Possui uma beleza sobre-humana. E deste dia em diante, parece que ela o encontra com mais frequência e em situações inusitadas. Ela sente medo, como um sentimento que a alerta para se distanciar, mas também sente uma atração intensa por ele.

Eu já li algumas resenhas sobre o livro, mas como eu leio diversas resenhas todos os dias, eu confesso que não me recordava sobre o quê se tratava a história. E isto foi um ponto positivo, pois fui pega totalmente de surpresa! E é por isto que fiz uma sinopse bem curtinha, mesmo que por aí tenham resenhas que contam sobre que ser sobrenatural se trata nesta trama. A história tendia a seguir por um lado e de repente, Amy Plum introduz algo que, para mim, foi bem diferente. No início até estranhei, mas aos poucos ela introduz explicações e elementos interessantes aos tais seres sobrenaturais e no fim gostei da ideia. Não se trata de nenhum ser sobrenatural original, criado pela autora, mas ela transformou um ser que existe em algo interessante... Pelo menos, eu achei.Além disso, o enredo se passa nas ruas de Paris, entre cafés, museus e boates, e não em uma escola do ensino médio americana, então mais um ponto para o livro!

Outro ponto em que o livro me ganhou foi o fato de eu me identificar bastante com a protagonista, e sua irmã Georgia me lembrou uma grande amiga que tenho.
Apesar do ser sobrenatural e do cenário diferentes,  e do romance entre Vicent e Kate ser bonito, a leitura não me arrebatou. Vicent é um fofo, mas não entrou para lista de Literary Crush, e os trechos românticos não me fizeram suspirar... E, a história é essencialmente a mesma que temos visto por aí.
Não é um livro ruim. Não mesmo. É uma leitura rápida, há personagens carismáticos - inclusive os secundários -, e tem até alguma ação entre a história de amor. Mas o tema já está bem gasto.
Eu não sei o que acontece comigo, mas estou me sentindo um tanto crítica com as minhas leituras ultimamente...

Literatura Estrangeira
Editora: Atom
Publicado em: 2011
Formato: Paperback
Número de páginas: 344
Categoria: Ficção
Idioma: Inglês
Nota: 3/5

(Deixe seu comentário e depois clique na imagem para concorrer a prêmios! Saiba mais sobre as regras AQUI)

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Na minha estante! #32

Aqui vai mais uma dose da fase de obsessão por Jane Austen.


Mais dois diários chegaram esta semana: "Captain Wentworth's Diary" - que se refere à obra "Persuasão" de Jane Austen - e "Mr. Knightley's Diary" - que se refere à obra "Emma" -  de Amanda Grange! Ainda faltará "Edmund Bertram's Diary" e "Colonel Brandon's Diary" para completar a coleção! rs.


Um livro com "Mr. Darcy" no título e uma capa fofa, claro que não resisti e comprei! Espero que a história de "A weekend with Mr. Darcy" de Victoria Connelly seja tão fofa quanto a capa!


"Sass & Serendipity" de Jennifer Ziegler é uma versão moderna de "Razão e Sensibilidade" de Jane Austen. É irresistível a vontade de lê-lo! Estou super curiosa!


Esses foram os livros que recebi esta semana. Confesso que desta "obsessão Jane Austen" ainda faltaram dois livros: "Epic Fail" (versão de "Orgulho e Preconceito") e "Jane Austen stole my boyfriend" de Cora Harrison (mesma autora do livro "Eu fui a melhor amiga da Jane Austen)! Ufaaa... Eu sei, é mto de JA, mas nunca é demais! Quando os livros chegarem escrevo mais sobre eles para vocês! Bjo.

(Deixe seu comentário e depois clique na imagem para concorrer a prêmios! Saiba mais sobre as regras AQUI)

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

"Anna e o Beijo Francês" de Stephanie Perkins

"É possivel que lar seja uma pessoa e não um lugar?" (p. 195)


"Quero memorizar o seu cheiro, o toque de sua pele, um dos seus braços, agora contra o meu, e a solidez de seu corpo. Não importa o que aconteça, vou me lembrar disso pelo resto da minha vida.
Estudo o seu perfil. Os lábios, o nariz, os cílios. Ele é tão bonito.
(...)
O que é isto? É paixão? Ou outra coisa tudo junto? E é possível que me sinta assim por ele sem que os sentimentos sejam recíprocos?" (p. 141)


Sinopse: Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto - que tem namorada. Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?
(retirado do skoob)

"Ele ajeita um lugar na cama e se deita. - Ai - ele diz.
- O que foi?
- Meu cinto. Seria estranho se...
Agradeço por ele não conseguir me ver corar. - Claro que não. - E ouço o desafivelar do cinto conforme ele o tira das calças. Coloca-o no chão de carvalho.
-Hummm - ele diz. - Seria estranho se...
- Sim.
- Ah, se liga. Não estou falando da calça. Só quero saber se posso entrar debaixo das cobertas. Aquela brisa é horrível." (p.140)

Stephanie Perkins não poderia ter escolhido um cenário mais perfeito como Paris, a Cidade Luz, para dar vida a esta história. E nem poderia ter criado uma protagonista tão carismática quanto a Anna e um par tão gentil e simpático para ela quanto o tal americano com sotaque britânico que vive na França, Étienne St. Clair.

A autora dá um tom leve e descontraído à narrativa que faz com se devore o livro e seja esta uma leitura rápida. Suas descrições de Paris são tão apaixonantes que uma vontade tão grande de estar lá surgiu em mim de forma tão intensa que até me deprimiu. Sempre tive vontade de conhecer a França, mas nunca tive interesse tão grande. Agora Paris está incluída em meus sonhos! Quero visitar cada museu e, assim como a persongem, fazer um pedido no Point Zéro, conhecer a livraria "Shakespeare & Company", além de Notre-Dame, Louvre, Panteão  e tomar um café feito pelos Franceses!

Voltando ao livro, o romance da trama é doce, a protagonista é divertida e espirituosa, e o apaixonante St. Clair me fez suspirar. Eu me identifiquei com a Anna em muitos momentos. O livro parecia que entraria para minha lista de favoritos, pois curti demais a leitura, entretanto chegou a um certo ponto na história que me decepcionei só um pouquinho com certas situações. Mas pensando bem, isto não foi tão ruim, pois significa que as coisas não ocorreram como eu imaginava e isto quebrou o que poderia ter sido óbvio e clichê, contudo tirou um pouco da magia do romance. Ainda assim, não tirou todo o brilho da leitura.
Este é um livro que eu leria de novo, pois acredito que me faria me apaixonar outra vez, por St. Clair e por Paris!

Quero uma edição deste livro em inglês, pois há erros de revisão e diagramação!

Literatura Estrangeira
Título original: Anna and the French Kiss
Editora: Novo Conceito
Publicado em: 2011
Formato: Brochura
Número de páginas: 288
Categoria: Ficção
Idioma: Português
Nota: 5/5

(Deixe seu comentário e depois clique na imagem para concorrer a prêmios! Saiba mais sobre as regras AQUI)

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Um poema: "Céu" de Manuel Bandeira

Eu amo poemas! Entre meus poetas favoritos estão Manuel Bandeira, Mario Quintana, Cecília Meireles, entre outros. Resolvi, então, postar aqui no blog alguns dos meus poemas favoritos. Espero que gostem.


" A criança olha
para o céu azul.
Levanta a mãozinha.
Quer tocar o céu.

Não sente a criança
Que o céu é ilusão:
Crê que não o alcança,
Quando o tem na mão."

(Os melhores poemas de Manuel Bandeira / seleção de Francisco de Assis Barbosa - 10ª ed. - São Paulo: Global, 1996.)

domingo, 7 de agosto de 2011

Mini Biografia: Jane Austen!

O "Mini Biografia" traz um pouco da história de diversos autores - tantos clássicos quanto atuais e até aqueles meio desconhecidos!


Aproveitando que falei bastante da autora Jane Austen esta semana, e sendo esta a minha escritora favorita, resolvi fazer esta primeira postagem do "Mini Biografia" sobre ela!

Perfil
Nome completo: Jane Austen
Data de nascimento: 16 de dezembro de 1775
Nasceu em: Steventon, Hampshire - Inglaterra
Faleceu em: Winchester, em 18 de julho de 1817 aos 41 anos. 
Principais obras:
- Persuasão (1818)*
- Emma (1815)*
- Mansfield Park (1814)*
*Data de publicação

Jane Austen é um dos grandes nomes dos clássicos da Literatura Inglesa que representava em suas obras o cotidiano da aristocracia rural da época em que viveu de forma bastante irônica e com personagens bem característicos; suas tramas sempre envolviam casamentos e finais felizes.
Filha do reverendo George Austen e Cassandra Austen, tinha mais seis irmãos e uma irmã mais velha do qual era muito amiga e confidente, chamada Cassandra Elizabeth Austen e nascida em 09 de janeiro de 1773.
O pai de Jane, além exercer funções presbiteriais da Igreja Anglicana nas pequenas paróquias de Steventon e Deane, era tutor e dava aula para alunos que residiam em sua casa como forma de suplementar os ganhos familiares.

Jane e Cassandra, em 1783, foram mandadas para o pensionato da Sra. Cawley, mas voltaram para casa devido a uma enfermidade infecciosa em Southampton. Jane contraíu a doença e foi então salva pela prima Jane Cooper que comunicou à família a situação da prima. Entre 1785 e 1786 as irmãs Jane e Cassandra foram alunas de um internato em Reading.
A família Austen possuia uma ampla biblioteca e era ávidos leitores de romances. Jane escrevia muito: entre cartas, peças de teatro, poesia, novelas e seus principais romances.
Em 1801 a família mudou-se para Bath. Com a morte do pai em 1805, Jane, sua irmã e a mãe mudaram-se para Chawton, onde seu irmão lhes tinha cedido uma propriedade (uma cottage). A "cottage" em Chawton onde Jane Austen viveu, hoje abriga uma casa-museu.

Aos 17 anos, escreveu "Lady Susan" e em 1803, Jane Austen conseguiu vender seu romance "A abadia de Northanger" que foi publicado somente 14 anos depois. É possível, também, que nessa ocasião tenha começado a escrever The Watsons, logo abandonando a ideia. "Razão e Sensibilidade", que foi aceita por um editor em 1810 ou 1811, foi publicado de forma anônima com o pseudônimo: "By a Lady". Em seguida, vieram a publicação de "Orgulho e Preconeito", "Mansfield Park" e "Emma". Após a morte da autora, seu irmão Henry supervisionou a publicação de "Persuasão" e "A abadia de Northanger" e revelou a identidade da autora.


Jane e sua irmã nunca se casaram. Houve um breve romance na  juventude de Jane pelo irlandês Thomas Lefroy; sabe-se também que Harris Bigg-Wither a pediu em casamento e que ela na hora assumiu o compromisso, mas o desfez no dia seguinte. Cassandra chegou a ficar noiva, aos 24 anos, do reverendo Thomas Fowle, que acabou morrendo de febre amarela, nas Índias Ocidentais, antes do casamento.

Vítima de uma doença que hoje se supõe que seja a doença de Addison - um distúrbio hormonal, então fatídico, que destruía totalmente as glândulas suprarrenais, a maioria das vezes por lesão tuberculosa -, Jane veio a falecer aos 41 anos, na vizinha cidade de Winchester, para onde fora levada em tratamento. Suas últimas palavras foram: "Não quero mais nada que a morte".

Fonte: Descobrindo Jane Austen / Wikipédia / MiniWeb

Algumas edições publicadas no Brasil:





Outros livros relacionados à autora e suas obras:


Algumas adaptações para o cinema e TV:
Existem inúmeras adaptações para o cinema e televisão da vida e obras de Jane Austen, vou indicar algumas das que mais gosto:
- Orgulho e Preconceito (2005 - Direção Joe Wright)
- Razão e Sensibilidade (1995 - Direção Ang Lee)
- Orgulho e Preconceito (BBC  - 1995)
- Amor e Inocência (2007 - Direção Julian Jarrold)
- O Clube de Leitura de Jane Austen (2007 - Direção Robin Swicord) Obs.: Não é uma adpatação, mas é bem legal!


(Deixe seu comentário e depois clique na imagem para concorrer a prêmios! Saiba mais sobre as regras AQUI)